domingo, 9 de dezembro de 2018

EURAO - Newsletter de dezembro de 2018

A EURAO - Organização Europeia de Radioamadores publicou a edição de dezembro de 2018 da sua newsletter.


Aceda a esta publicação através do endereço web http://eurobureauqsl.org/newsletter.

sábado, 8 de dezembro de 2018

Boletim d@ REP Edição N°11, Volume 6 de 30-11-2018

A Rede dos Emissores Portugueses publicou o nº11, volume 6, do Boletim d@ REP.


Nesta edição do boletim informativo electrónico:
  • REP deseja a todos Boas Festas.
  • REP-Ms e REP-CEM.
    • WRC 2019
    • VDSL 2
    • WPT-EV
    • Monitorização Nacional HF
    • Monitorização Internacional HF
  • REP presente na Feira de Rádio da ARVM.
  • Pedido autorização especial 160 m.
  • Pagamento de quotas.Contatos da REP
  • REP Fórum.
  • QSL Info REP-QRZ.
  • DXCC Classificações de estações Portuguesas.
  • Calendário de DX.
  • REP Grupos de Trabalho.
  • HF-VHF-UHF-SHF-EHF Recordes de Distância.
  • Guia de repetidores e similares em Portugal.
  • DXCC, os mais procurados 2018 por ClubLog.
  • Calendário de concursos.
  • QSL Informação.
  • Delegação REP V.F.Xira
  • Ser Sócio da REP.

Aceda a este boletim através da seguinte hiperligação, para mais informações visite a página web da REP, directamente aqui.

via REP

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

Neste fim-de-semana...

Neste fim-de-semana decorre a actividade CS2TCN - Castelo Novo, Fundão ((re)veja esta publicação) e, sábado, decorre a V Feira de Radioamadorismo da ARC ((re)veja esta publicação).

quinta-feira, 6 de dezembro de 2018

Entidades DXCC activas

De acordo com a Rede AR-Cluster na semana de 25 de novembro a 2 de dezembro estiveram activas, nas diversas bandas de amador, 227 entidades DXCC.

Prefixos das entidades DXCC activas:

quarta-feira, 5 de dezembro de 2018

NET CT - DMR/DSTAR

CQ0DCM - cidade de Portalegre


Foi instalada uma nova estação repetidora DMR em Portalegre, operativa com o indicativo CQ0DCM.

Divulgação:
Novo repetidor DMR para a Cidade de Portalegre - CQ0DCM

Prezados colegas,

Serve o presente e-mail para informar da entrada em funcionamento, o novo repetidor DMR para a cidade de Portalegre.
A necessidade deste repetidor, prende-se com o facto de São Mamede não cobrir com eficiência a zona urbana da cidade. Assim desta forma, o Alto Alentejo fica 100% coberto em fonia digital DMR, bem como também agora sua capital de distrito, que até então estava coberta deficientemente nos móveis e portáteis.
Fica o alerta, tendo em conta que já existe outra estação repetidora digital na mesma frequência, e para não colidir com o processo de roaming na rede, o CQ0DCM está configurado em Color Code: 2.

Qualquer dúvida, esclarecimento ou report sobre este novo dispositivo de uso comum em modulação digital, poderá ser contactado via e-mail o colega Jaime Pinheiro CT2GPZ, responsável técnico pela rede de repetidores do Alto Alentejo - Portalegre/São Mamede:


Fica aqui as características desta nova estação repetidora digital:
Local: Cabeço de Mouro / Portalegre
Responsável: Jaime Pinheiro - CT2GPZ
Coordenadas: 39°18'45"N - 7°25'44"W
Frequência: 438.3625Mhz / -7,6Mhz

Canal: RU669
Modo: DMR
Slot 1: TG268/TG915/TG91
Slot 2: Todos os TGs + Cluster TG2>268409
Color Code: 2
ID: 268409
Potência: 25W PAR
Indicativo: CQ0DCM
Associação: REP
Locator: IM69GH
Estado: Operacional

Não sem antes terminar este e-mail, gostaria de deixar o meu apreço, dedicação e esforço do colega Jaime, na manutenção, desenvolvimento, e acompanhamento das novas tecnologias no âmbito do Radioamadorismo no Alto Alentejo, permitindo que os colegas no interior norte alentejano, tenha à sua disposição uma diversificação de dispositivos de uso comum, enriquecendo sem margem para dúvidas o Radioamadorismo nacional.

73, CT1FZC
---

via CT1FZC (ARLA/CLUSTER)

terça-feira, 4 de dezembro de 2018

CQ0VMI - reactivado em DMR

A Associação de Radioamadores do Alto Tâmega recolocou em funcionamento, na serra do Minhéu, o repetidor, com o indicativo CQ0VMI, agora operativo em DMR.

Divulgação:
CQ0VMI - DMR

Bom dia. 

 Depois de um prolongado periodo de testes e da disponibilidade da equipa técnica d ARAT para se deslocar Serra do Minhéu, ficou ontem  dia 1/12 reinstalado e em funcionamento o repetidor CQ0VMI, depois de um longo interregno em QRT devido a questões técnicas, nomeadamente pela substituição da torre que  suporta as antenas, efetuada pela operadora  que amavelmente nos dá guarida.

O repetidor sofreu um UPGRADE ficando a trabalhar em DMR e integrado na Rede Brandmaister Nacional.

Espera a ARAT com este novo projeto, ter contribuído para uma melhor cobertura da Região Transmontana no que concerne às comunicações rádio Serviço Amador.

Repeater Info

Número 268109
City Serra Minhéu- Chaves
Country PT
Website Click here
Sysops CT1DQV CT1EPT CT1ENU
Hardware Hytera RD625
Firmware A7.06.04.000
Power (EIRP) 20 Watt
Estado Slot 1 & 2 linked
Master BM2682

segunda-feira, 3 de dezembro de 2018

CS2TCN - Castelo Novo, Fundão


Divulgação:


Com o indicativo especial CS2 TCN será ativado nos dias 7, 8, 9 Dezembro, o castelo de Castelo Novo, Fundão.

A ativação em conjunto com as YLs- Amateur Rádio Ladies de Portugal e diploma dos castelos templários portugueses.

A ativação conta para o diploma dos fortes e fortalezas de Portugal, e diploma dos castelos templários portugueses, inserido na terceira linha de defesa.

Estaremos ativos nomeadamente nos 20, 40 e 80m.

Com início previsto para sexta feira por volta das 17h e termino domingo por volta das 13h.

Para sábado a partir das 16,30 até por volta das 18h, está previsto contactos em CW a cargo de Ct1 Bqh Carlos Morgado.

A divulgação do património histórico cultural e científico do legado dos templários em Portugal será dado a conhecer via onda hertziana.

Informamos os colegas de que este castelo não tem condições para ser ativado na altura do ano no seu interior. A sala de operação é junto á muralha próximo da torre sineira.

A existência de uma parte da torre no seu interior e atendendo que seremos visitados por grupos de crianças não obedece a condições de segurança para os mesmos.

Convida se os colegas a visitar a estação pessoal ou via onda hertziana.

Gil Silva Ct7abf.
---

via CT7ABF (ARLA/CLUSTER)

domingo, 2 de dezembro de 2018

CQ0VSP - Alto da Forca, Serpa


in rep.pt:
CQ0VSP Estação repetidora modulação analógica


Caros colegas, com a colaboração no nosso colega Rui Ferreira – CT1EIF e Jaime Pinheiro – CT2GPZ vai estar operativo em breve o sistema de repetidor de modulação analógico com as seguintes caraterísticas:

1. Tipo de estação: repetidora de modulação analógico;

2. indicativo da estação: CQ0VSP;

3. localização da estação: Alto da Forca, Serpa; IM67ew

4. frequência de emissão: 145,750 MHz;

5. frequência de receção: 145,150 MHz;

6. Tom de proteção: 82,5 Hz

7. p.a.r. máxima: 40 W;

8. Designação da emissão: 11K0F3E

Mais informações sobre repetidores e afins em: http://rep.pt/wp/?page_id=139
---

via REP

sábado, 1 de dezembro de 2018

Diploma Castelos Templários Portugueses

A Associação de Radioamadores do Ribatejo promove o Diploma Castelos Templários Portugueses, que "pretende, pois, envolver e interessar os radioamadores na conquista de um diploma associado à divulgação desta realidade histórica, promovendo a actividade de radioamadorismo nos castelos que registaram, no passado, a presença dos Templários".

Regulamento:
DIPLOMA DOS CASTELOS TEMPLÁRIOS PORTUGUESES

REGULAMENTO

1. Enquadramento:

A criação de um diploma no âmbito das radiocomunicações dos radioamadores é reconhecidamente um meio adequado para objectivos como a divulgação histórica de monumentos, personalidades ou eventos e ao qual está naturalmente associada a valorização e dignificação quer da actividade de radioamadorismo e dos radioamadores envolvidos, quer das entidades que direta ou indirectamente participam e contribuem para que este tipo de actividade tenha sucesso.

Nesse sentido, dado o relevante papel dos Templários na construção de Portugal como Nação, com significativa expressão patrimonial e arquitectónica em alguns dos castelos portugueses, considera-se de elevado interesse conjugar a actividade de radioamadorismo no contexto dos castelos mais representativos dessa época da História de Portugal.

O lançamento do Diploma dos Castelos Templários Portugueses (DCTP) pretende, pois, envolver e interessar os radioamadores na conquista de um diploma associado à divulgação desta realidade histórica, promovendo a actividade de radioamadorismo nos castelos que registaram, no passado, a presença dos Templários.

2. Âmbito e objectivos:

O DCTP é promovido e concedido pela Associação de Radioamadores do Ribatejo, podendo contar com a colaboração, patrocínio ou apadrinhamento de entidades que se manifestem interessadas.
O DCTP é criado no âmbito da actividade de radiocomunicações desenvolvida pelos Radioamadores e visa:

a. Cativar o interesse dos radioamadores pela história e cultura de Portugal com enfoque na temática templária;
b. Realçar a importância dos Templários na formação da nação que é hoje Portugal;
c. Divulgar e dar a conhecer através dos contactos nacionais e internacionais via onda hertziana, os castelos templários portugueses na perspectiva do interesse histórico;
d. Promover sobre o ponto de vista turístico os lugares onde se inserem este tipo de monumentos históricos;
e. Abranger numa primeira fase os castelos Templários, podendo mais tarde ser alargado a lugares ou comendas templárias e a outras ordens militares.

3. Requisitos prévios:

Antes de qualquer activação de um castelo ou monumento que tenha sido de pertença dos Templários, o radioamador ou associação de radioamadores, deverá efectuar os seguintes procedimentos:
a. Requerer junto da ANACOM o pedido de atribuição de um indicativo especial, (só serão aceites para o diploma as activações efectuadas com indicativo especial);
b. Obter as autorizações junto das entidades que detêm ou administram os castelos de modo a garantir espaço e condições para instalação da estação de rádio e respectivas antenas;
c. Informar antecipadamente a Associação de Radioamadores do Ribatejo, sendo esta o chamado QSL Manager (entidade responsável pelos registos dos contactos), dando conta do dia da activação assim como dos activadores presentes no local.

4. Condições necessárias:

a. As activações serão aceites se forem efectuadas dentro dos limites dos castelos que fazem parte da  lista anexa, sendo salvaguardadas situações em que, não sendo a mesma possível dentro de muralhas, existam condições para que a activação seja efectuada do lado exterior (ex.: Castelo de Almourol pode ser activado dentro ou nas margens de preferência do lado de Tancos e castelo de Ega do lado de fora, etc.);
b. O cartão QSL relativo à activação e com o indicativo especial será ao gosto do activador ou activadores, no entanto a utilização de uma foto relativa ao castelo activado é algo que deve constar no cartão, devendo incluir sempre uma cruz templária sobreposta e no verso uma breve descrição histórica do monumento em português e inglês;
c. Considera-se como data de início das actividades para atribuição deste diploma as activações e contactos efectuados a partir do dia 10 de Outubro de 2018;
d. Após a activação deverão ser enviados os logs à Associação da Radioamadores do Ribatejo no prazo máximo de 30 dias, subscritos pelos radioamadores activadores.
Caso existam algumas dúvidas nos registos apreentados a ARR poderá solicitar um
pedido de esclarecimento.
e. Deverão ser apresentadas provas da activação nomeadamente a lista dos participantes, foto de grupo ou documentação comprovando a permanência no local.

5. Atribuição do diploma:

Para que seja atribuído o diploma, para além do acima eferido, deve ser tido em conta o seguinte:
a. As activações para atribuição do diploma sub-entendem a divisão dos castelos templários em 5 linhas de defesa correspondentes ao modo como estes defenderam Portugal:
    Linha 1 – defesa na estrada para Coimbra
    Linha 2 – defesa do Tejo
    Linha 3 – defesa da Beira Baixa e Beira Alta junto à fronteira
    Linha 4 – defesa de Trás-os-Montes e Alto-Douro junto à fronteira
    Linha 5 – defesa a sul do Tejo junto à fronteira com Espanha
b. Para que um radioamador tenha direito ao diploma terá de ter activado ou contactado pelo menos 10 castelos;
c. Dos 10 castelos activados ou contactados 5 terão de constar das 5 linhas de defesa;
d. São permitidos todos os modos de emissão, excepto via repetidores ou com recurso e apoio de plataformas digitais (links internet);
e. O regulamento do diploma pode ser alterado a qualquer momento na perspectiva de melhorar o seu objectivo, nomeadamente na inclusão de outras referências templárias que sejam sugeridas à entidade promotora e que por esta sejam aceites.
f. A atribuição do diploma é supervisionada pela Associação de Radioamadores do Ribatejo – ARR, que se responsabilizará pela recepção de logs (conferência e aferição dos registos de comunicações enviados pelos radioamadores participantes), assim como da emissão dos diplomas.
g. O custo de referência relativo à emissão de um diploma será de 3 euros para Portugal e 5€ para restantes países, sem prejuízo de ser minimizado caso existam apoios financeiros para o efeito.

6. Contactos:

As comunicações com a entidade promotora poderão ser efectuadas directamente na sede da Associação de Radioamadores do Ribatejo, em Santarém, através de correio para o endereço Apartado 99 – 2005-901 Santarém ou por email para secretaria@ct1arr.org

---

Para consultar o regulamento oficial do diploma, bem como a lista de referências, visite a página web da Associação de Radioamadores do Ribatejo através do endereço http://ct1arr.org (directamente aqui) ou visite a página no facebook do diploma aqui.